Pedro Delgado sobre Lance Armstrong: ‘Ninguém quer falar bem dele’

Pedro Delgado, um ex-vencedor do Tour de França e comentarista de televisão espanhola, compartilhou seus pensamentos sobre Lance Armstrong em uma recente difusão em rádio espanhola.Falando para a MARCA Radio durante a Vuelta a España na semana passada, o vencedor da turnê de 1988 disse que ele conta Armstrong como o vencedor da turnê de 1999-2005, apesar do nome do texano ser oficialmente retirado do recorde do vencedor devido a violações de doping.”Sim, eu o considero o vencedor desses Tours”, disse Delgado. “Ele fez algumas coisas muito ruins, mas também fez algumas coisas boas, como seu trabalho com câncer. Acredito, como ele disse, que a sua imagem pública o impressionou, e isso é uma pena. Mesmo que as pessoas digam que o doping nos dá asas, só ajuda um pouco. Ele pode não ter ganho sete Tours, mas podia ter ganho Cinco se tivesse corrido limpo.”

the 60-year-old Delgado, who recently saw his already high public image cutge even higher following a stint on the popular celebrity cooking TV show “Master Chef”, shared his thoughts on Armstrong’s controversial legacy for professional cycling.

” para mim, ele foi o melhor de sua era. Armstrong tinha uma cabeça muito forte”, disse Delgado. “Era o motor dele. Em termos de força física, talvez Ullrich, que era seu principal rival, era ainda mais forte, mas sua inteligência e seu conhecimento de como se preparar durante todo o ano foram a chave para Armstrong ganhar uma corrida tão importante como o Tour de France.”

“Armstrong fez muitos danos”, continuou Delgado. “Grande parte da má imagem que o ciclismo agora tem vem por causa de Armstrong. No entanto, uma grande parte do boom do ciclismo também veio por causa de Armstrong. O ciclismo era muito Europeu, e houve um grande impulso internacional graças a ele. Ele trouxe o mercado norte-americano. Quando todos perceberam que ele era uma fraude, todos os que o admiravam como uma figura desportiva e como ciclista, viraram-se contra ele. Os danos continuam a ser sentidos pelos ciclistas de hoje. E no nível desportivo, ninguém quer falar sobre Armstrong de uma forma Boa pelos danos que fez ao desporto.”

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.